Homem que matou ex-mulher é preso e liberado devido à lei eleitoral

quinta-feira, novembro 12, 2020




Um homem que matou a ex-mulher foi preso e liberado por causa de lei eleitoral. José Carlos Beato, de 48 anos, matou sua ex-companheira, a diarista Aline Cesária, de 42 anos, no último sábado (07/11), na cidade de Santo André. De acordo com a polícia, o crime aconteceu após José Carlos ameaçar sua ex diversas vezes. Alice estava com seu filho e neto no momento do assassinato. Primeiro, José foi detido pela PM na tarde de quarta-feira (11/11), e encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santo André. Porém, o acusado foi liberado por conta do artigo 236 do código eleitoral, a Lei 4737/1965.


Segundo a lei, ninguém pode ser preso desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, salvo em casos de flagrante. Na manhã desta quinta-feira (12/11), José Carlos foi preso novamente, desta vez, na Rua Vilela, 331, no Tatuapé, na Zona Leste da capital. José chamou a PM, pois não estava encontrando seu carro e suspeitava de roubo.


Quando os policias verificaram seus documentos, foi constatado o assassinato de Aline Cesária. Por conta disso, os PM's conduziram José para a 5º DDM, do Tatuapé, para averiguação. José Carlos Beato será solto mais uma vez. O caso foi registrado como homicídio qualificado (feminicídio) pelo 6º Distrito Policial de Santo André e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher do município, que instaurou inquérito policial.


Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ