Eleições 2020: eleitor deve limpar mãos com álcool em gel antes e após votar, orienta Justiça Eleitoral

domingo, novembro 15, 2020



Será obrigatória a higienização das mãos com álcool em gel antes e depois de votar, segundo as regras de conduta para as eleições municipais em novembro 15 de novembro de 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus, de acordo com as regras de conduta divulgadas pelo
Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
– assista ao vídeo acima e veja as orientações para votar em segurança.

A urna eletrônica em si não será limpa a cada votação e, por isso, caberá a cada eleitor cuidar da própria proteção. Também será fornecido álcool 70% para higienização das superfícies (incluindo mesas e cadeiras) e dos objetos (incluindo canetas) na seção eleitoral. O uso de máscaras será obrigatório, e quem chegar ao local de votação com o rosto descoberto poderá ser impedido de entrar.

O tribunal recomendou, ainda, que cada eleitor leve a própria caneta para registrar a assinatura no local de votação. A ideia é evitar ao máximo o compartilhamento de itens e, com isso, reduzir o risco de contágio. Para quem esquecer, haverá canetas extras devidamente higienizadas nas seções.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ