Dia Mundial do Diabetes, o alerta é feito neste sábado (14)

sábado, novembro 14, 2020


Pesquisadores nos EUA descobriram que organismo rico em glicose pode potencializar danos causados pelo Staphylococcus aureus



Pessoas com diabetes fora de controle estão mais suscetíveis a ter complicações se desenvolverem uma infecção pela bactéria Staphylococcus aureus, frequentemente resistente a antibióticos e, por isso, classificada como superbactéria. A conclusão é de um estudo feito por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, e publicado na sexta-feira (13/11) na revista
Science Advances
.

A equipe descobriu que organismos ricos em glicose parecem ser "o ambiente perfeito" para que a Staphylococcus aureus ative suas características mais virulentas. Segundo o artigo, a falta de insulina impede o sistema imunológico de responder à infecção. "Isso explica porque uma ferida ou corte em um paciente com diabetes realmente deve ser tratado agressivamente. O sistema imunológico precisa de ajuda para reconhecer e eliminar a infecção antes que ela se instale", observa um dos autores do estudo, o professor Anthony Richardson, do departamento de microbiologia e genética molecular.

A doença, causada pelo aumento da taxa de glicose no sangue, atinge cerca de 9% da população brasileira (em torno de 19 milhões de pessoas).No entanto, o
Ministério da Saúde
estima que metade dos diabéticos no país desconheça o diagnóstico. As complicações causadas pela doença variam, mas podem incluir cegueira e até mesmo amputação dos membros inferiores devido a úlceras diabéticas. A Staphylococcus aureus está associada a esses tipos de infecções, especialmente em pessoas com diabetes descontrolado, segundo a Associação Americana de Diabetes.

O diabetes tipo 2 é o mais frequente (cerca de 90% dos casos no Brasil). Este é causado, principalmente, pelo excesso de peso, que compromete o funcionamento do pâncreas e, consequentemente, a produção de insulina. Neste sábado (14/11), Dia Mundial do Diabetes, o alerta de médicos é para que a população faça o controle da glicemia periodicamente. Quem for diagnosticado com a doença precisa mudar hábitos e a alimentação.


Fonte: R7

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ