Deputada Érika Amorim destaca a espera pela adoção de crianças e adolescentes no Ceará

quinta-feira, novembro 19, 2020


Segundo a parlamentar os dados do do ano de 2020, mostram que 853 crianças e adolescentes vivem institucionalizados no Estado, sendo apenas 102 deles disponíveis para novas famílias. Já em privação de liberdade, o Estado abriga cerca de 3 mil jovens e adolescentes, com idades entre 12 e 18 anos, em cumprimento de medidas socioeducativas, sendo uma parte em liberdade assistida e outra com prestação de serviços à comunidade, segundo a Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (SEAS).

Em tramitação na
Assembleia Legislativa do Ceará
, o projeto de indicação nº 263/2019, da deputada
Érika Amorim (PSD/CE)
, que busca instituir o programa de arte, cultura, esporte e lazer para crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional e para jovens privados de liberdade no âmbito do Estado do Ceará.
De acordo com o texto, o objetivo da proposta é garantir a prática de atividades de arte, cultura, esporte e lazer para crianças e adolescentes acolhidos institucionalmente, e para jovens privados de liberdade, promovendo o desenvolvimento cognitivo de crianças e adolescentes por meio de atividades lúdico-esportivas, culturais e artísticas.


Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ