Coronavírus volta a acelerar e Brasil ultrapassa 6 milhões de casos sob temor de 2ª onda

sexta-feira, novembro 20, 2020



Abalada com os longos meses de uma quarentena rígida adotada para impedir a entrada da COVID-19 na casa onde mora com a avó de 88 anos, a influenciadora digital carioca Renata Alfaia decidiu sair para se encontrar pela primeira vez em muito tempo com seu parceiro, aproveitando a perda de força do novo coronavírus no Brasil.

Bastou um encontro presencial após oito meses de distanciamento para ser contaminada, num reflexo do novo momento da epidemia no país, em que o esgotamento da população com as medidas de prevenção e a retomada das atividades têm provocado um repique de casos e despertado temores de uma segunda onda.

"Eu já estava há muitos meses sem encontrar ninguém, isso mexeu um pouco com meu psicológico, então eu resolvi voltar a encontrar algumas pessoas, ao ar livre, com pouca gente, sempre tomando muito cuidado. Nisso eu resolvi encontrar uma pessoa que eu me relaciono há um tempo já, converso todo dia, mas não encontrava há meses. Peguei dele", disse Alfaia, de 33 anos.


Fonte: Reuters

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ