Anvisa autoriza retomada de testes com CoronaVac

quarta-feira, novembro 11, 2020



A
Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA
autorizou nesta quarta-feira a retomada do estudo clínico com a potencial vacina contra
COVID-19
CoronaVac
, da chinesa Sinovac, que está sendo testada no Brasil pelo
Instituto Butantan
, informou o órgão regulador em nota. A agência havia determinado a interrupção dos testes na noite de segunda-feira (09/11), alegando um evento adverso grave, sem detalhar sua natureza.

Na terça-feira (10/11), após reunião com o
Butantan
, a
ANVISA
havia decidido manter a suspensão, apesar de o instituto ter afirmado que o episódio com um voluntário não teve relação com a vacina. "Após avaliar os novos dados apresentados pelo patrocinador depois da suspensão do estudo, a Anvisa entende que tem subsídios suficientes para permitir a retomada da vacinação e segue acompanhando a investigação do desfecho do caso para que seja definida a possível relação de causalidade entre o EAG (evento adverso grave) inesperado e a vacina", disse o órgão regulador na nota.

O evento adverso grave foi o óbito de um voluntário do estudo clínico. A
Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo
investiga o caso como suicídio. De acordo com boletim de ocorrência ao qual a Reuters teve acesso, o corpo do voluntário foi encontrado no apartamento onde morava com uma seringa e ampolas e remédio ao seu redor. Não havia marcas de violência no local.


Fonte:
Reuters

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ