Máscaras não aumentam risco de intoxicação por CO2, demonstra estudo

segunda-feira, outubro 05, 2020

 

Uma pesquisa da Universidade de Miami, nos Estados Unidos, contradiz afirmações de que as máscaras retêm o dióxido de carbono (CO2) no rosto e, por isso, poderiam causar intoxicações nos usuários. A pesquisa foi publicada na sexta-feira (02/10) no jornal científico Annals of the American Thoracic SocietyOs pesquisadores avaliaram as mudanças no nível de oxigênio e de dióxido de carbono antes e durante o uso de máscaras em 30 pessoas. 

O grupo era composto por 15 indivíduos saudáveis ​​e outros 15 com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), em que a passagem do ar pelos pulmões é obstruída de forma persistente. Os resultados mostraram que estar ou não de máscara não afetava significativamente as trocas gasosas que ocorrem durante a respiração: tanto os níveis de oxigênio quanto de dióxido de carbono nos pacientes eram praticamente os mesmos independente da circunstância.

"É importante informar ao público que o desconforto associado ao uso da máscara não deve levar a preocupações de segurança infundadas, pois isso pode atenuar a aplicação de uma prática comprovada para melhorar a saúde pública", destacou, em nota, Michael Campos, um dos líderes do estudo.


Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ