A caneta bic é minha, diz Bolsonaro sobre compra de vacina chinesa

sexta-feira, outubro 30, 2020



"A caneta Bic é minha", armou o presidente do Brasil
Jair Messias Bolsonaro
na tarde desta sexta-feira (30/10) ao R7 sobre a possível compra pelo
Governo Federal
da vacina chinesa contra as infecções do novo coronavírus. A armação de Bolsonaro ocorre após o
vice-presidente Antonio Hamilton Martins Mourão
(
PRTB
)
, armar que "é lógico" que o governo brasileiro comprará a
CoronaVac
, vacina feita pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o
Instituto Butantan
.

A
CoronaVac
tem sido alvo do debate entre Bolsonaro e seu adversário político, o governador de São Paulo,
(PSDB/SP)
. Numa reunião com governadores, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, havia dito que o governo brasileiro iria usar a vacina no
SUS_Sistema Único de Saúde
, mas foi desautorizado por Bolsonaro.
O presidente disse que não seria feito investimento numa vacina que não foi aprovada pela
Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA
. O órgão liberou, contudo, na quarta-feira (28/10), a importação da matéria prima necessária para fabricação das primeiras doses da vacina.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ