Moderna prevê 20 milhões de doses de possível vacina contra o coronavírus até o fim de 2020

sexta-feira, setembro 18, 2020



A Moderna disse nesta sexta-feira (18/09), que está a caminho de produzir 20 milhões de doses de sua vacina experimental contra coronavírus até o dia 31 de dezembro de 2020, mantendo a meta de preparar entre 500 milhões e 1 bilhão de doses em 2021. Vacinas e tratamentos são vistos como essenciais para se controlar a pandemia de COVID-19, que não dá sinais de ceder e já matou mais de 944 mil pessoas em todo o mundo.

Algumas vacinas, incluindo as da Pfizer e da
AstraZeneca
, também estão sendo testadas em estudos de grande escala. Na quarta-feira (16/09), a Moderna havia recrutado 25.296 dos 30 mil participantes planejados para o estudo de estágio avançado. A empresa trabalha com a suíça
Lonza Group
e com a espanhola
Rovi
para fabricar a vacina fora dos Estados Unidos. A Moderna firmou um acordo de suprimento de 100 milhões de doses de vacina com os EUA, e encerrou negociações avançadas da vacina com a União Europeia.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) prevê que entre 35 milhões e 45 milhões de doses de vacinas das duas primeiras empresas a receberem autorização estarão disponíveis em solo norte-americano até o final de 2020. A Moderna planeja pedir aval emergencial para uso da vacina em grupos de alto risco se ficar provado que ela é ao menos 70% eficiente, disse seu executivo-chefe à Reuters nesta semana.


Fonte: Jornalista
Manas Mishra
em Bangalore - The Thomson Reuters Trust Principles.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ