Deputados somam pouco mais de 1,7 mil faltas em sessões deliberativas

sábado, setembro 05, 2020

Câmara dos Deputados

Foto: Najara Araújo /  Câmara dos Deputados 


A pandemia do novo coronavírus transformou até a forma como se faz política no Brasil. Desde o fim de março, a Câmara dos Deputados está com atividades reduzidas e com as sessões deliberativas – aquelas nas quais a presença é obrigatória – feitas de forma remota. Até o fim de agosto, já foram 87 encontros (on-line e presenciais) em que os deputados debateram o rumo do país
Dos 492 parlamentares que trabalharam desde o início do ano legislativo até 31 de agosto, ou seja, não tiveram períodos de afastamento ou licença, apenas 66 não faltaram a nenhuma das sessões realizadas no período. Outros 200 tiveram frequência quase absoluta – somaram uma ou duas ausências cada.
Levantamento feito pelo (M) Dados, equipe de jornalismo de dados do Metrópoles, com base nas atas contidas no Portal da Transparência da Casa, mostra que todas as faltas, justificadas ou não, somam pouco mais de 1,7 mil. Uma média de 20 por encontro. Contadas apenas as sessões antes da pandemia, as ausências chegavam, em média, a 80 por sessão.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ