680 mil servidores receberam o coronavoucher indevidamente revela CGU

sexta-feira, agosto 14, 2020

Benefício emergencial de R$ 600 ainda não começou a ser pago ...


Os pagamentos geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos


A Controladoria-Geral da União - CGU detectou que 680,5 mil servidores públicos foram cadastrados como beneficiários do coronavoucher de R$ 600,00 até meados de julho de 2020. Os pagamentos indevidos geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos, segundo o órgão. Em maio, a CGU tinha identificado 396,3 mil servidores cadastrados. Portanto, um prejuízo menor foi causado, de R$ 279,6 milhões. Contudo, agora, com uma análise desde o primeiro pagamento, em abril, até o dia 19 de julho, soube-se que o valor pago indevidamente mais que triplicou.

Os números reúnem funcionários públicos da União, de governos estaduais e municipais. No total, segundo o documento da CGU obtido pela GloboNews, receberam o auxílio de forma irregular 613,4 mil agentes públicos, ativos, inativos ou pensionistas de governos estaduais, municipais e do Governo do Distrito Federal - GDF; 14.182 agentes públicos federais, ou pensionistas; 52.001 servidores militares da União, ativos ou inativos; e 950 beneficiários que constam como funcionários de empresas estatais federais. Dessa forma, o Ministério da Cidadania vai tomar as medidas cabíveis.


Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ