COVID-19: Com alta de 36% nos casos de coronavírus no Brasil se afasta de estabilização

quarta-feira, julho 29, 2020

Bragança Paulista registra 17 novos casos do coronavírus em 24 horas


Com um aumento de 36% nos diagnósticos de infecções provocadas pelo novo coronavírus, o Brasil não está mais em processo de estabilização da COVID-19. O número de mortes também cresceu 5% no período. Os dados foram informados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (29/07), e fazem referência a semana epidemiológica que se encerrou no último sábado (25/07) comparada com a anterior. Ao contrário das últimas semanas, foi registrado aumento de casos e óbitos em quase todas as regiões do país.


No Norte, houve alta de 8% nos casos e 13% em mortes. No Nordeste, aumento de 27% em diagnósticos e queda de 8% em óbitos. No Sudeste, o aumento foi de 51% em casos e 9% nos falecimentos. Na região Sul, a alta foi de 25% nos casos e 18% em óbitos. O Centro-Oeste foi a área que mais teve aumento de casos (63%), mas uma das menores variações em óbitos, com alta de 7%.

Quanto às unidades federativas, 18 delas registraram incremento de casos, 3, estabilização e 6, redução. As maiores quedas foram no Amapá (-32%), Rio Grande do Norte (-28%) e Amazonas (-24%). Em contrapartida, os maiores aumentos foram contabilizados no Rio de Janeiro (279%), Goiás (180%) e Rondônia (146%). O Distrito Federal está entre os estados que permanecem estáveis.


Fonte: Metrópoles

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag