Audiência pública discute retomada das aulas da rede pública com ensino híbrido

segunda-feira, julho 20, 2020



A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Ceará realizou, na manhã desta segunda-feira (20/07), audiência pública para debater diretrizes e estratégias para a retomada das aulas presenciais no Ceará. Apesar da indefinição da data, foi levantada a possibilidade de um retorno com ensino híbrido, de um modo que os pais possam optar por manter as aulas de maneira remota.

Segundo o presidente da Comissão de Educação, deputado Queiroz Filho (PDT/CE), já existe um plano estratégico para o retorno das aulas. "A data será definida pelo Comitê Central de de Abertura das Atividades Econômicas, conduzido pelo governador Camilo Santana. Mas diretrizes foram elaboradas pela Secretaria da Saúde do Estado pensando na saúde dos alunos, dos profissionais da educação e as respectivas famílias. Uma das considerações é uma volta híbrida, com aulas tanto virtuais como presenciais, atendendo a muitos critérios da epidemiologia", disse.

A secretária de Educação do Ceará, Eliane Estrela, ressaltou que a paralisação das atividades escolares foi uma medida acertada. “Não vamos arriscar a vida de ninguém. Devemos permanecer ainda com o ensino híbrido, presencial e online, para que não voltem todos de uma vez, além de um rodízio entre os profissionais. Estamos construindo esse plano de retomada as aulas olhando sempre para a legalidade, ouvindo especialistas de diversas áreas".

A presidente da União dos Dirigentes Estaduais de Educação (Undime), professora Luíza Aurélia, explicou que o retorno precisa ser planejado de acordo com a realidade de cada cidade. “Criamos um Grupo de Trabalho que está buscando diretrizes para orientar cada município, elaboramos um documento com as dimensões da volta às aulas para que cada um perceba as especificidades dos 184 municípios do Estado e possamos pensar em um retorno seguro para todos”, informou.

Participaram também da audiência o vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Acrísio Sena (PT); os deputados Renato Roseno (PSOL 50) e Érika Amorim (PS/CE); o presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Evaldo Lima (PC do B); a coordenadora do Fórum Estadual de Educação, Ciza Viana Moreira; a procuradora de Justiça, Elizabeth Maria Almeida; além de representantes da Aprece CearáAPEOCUBES - União Brasileira dos Estudantes SecundaristasUNE Fortaleza - União Nacional dos EstudantesConselho Nacional de Educação, entre outras entidades estudantis.



Fonte: Jornalista Thiago Sampaio - Assessoria de imprensa do deputado estadual Queiroz Filho - VSM Comunicação

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag