Remdesivir virou referência e aposta no tratamento do coronavírus

sexta-feira, junho 05, 2020




Nessa semana, Índia e Coreia do Sul autorizaram formalmente o uso do fármaco. Estados Unidos, Japão e o Reino Unido já tinham aderido à fórmula da empresa Gilead Sciences Inc. O antiviral remdesivir tem conquistado a confiança de países e ganhou força como aposta recente no tratamento da COVID-19

Criado inicialmente para combater o ebola, o remdesivir injetável se tornou um dos medicamentos mais usados no mundo na luta contra o novo coronavírus. Ele atua como um antiviral – impede que o SARS-CoV-2 se conecte às células, detendo a infecção – e tem sido usado experimentalmente contra doenças respiratórias.


Ainda em caráter de testes contra o novo coronavírus, a droga se mostrou capaz de reduzir o tempo de internação dos pacientes com COVID-19. No fim de abril, a farmacêutica anunciou sucesso nos primeiros testes feitos com o medicamento. Os dados coletados serviram de base para uma segunda etapa de estudos.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ