EUA doam US$53 milhões para combater COVID-19 no Brasil

terça-feira, junho 02, 2020



Iniciativas do governo e setor privado dos EUA visam a reduzir impactos da pandemia no país


Brasília, 02 de junho de 2020 – governo e o setor privado dos Estados Unidos estão fortemente empenhados em ajudar o povo brasileiro a combater a COVID-19 no Brasil e juntos já disponibilizaram cerca de US$ 53 milhões (R$ 275 milhões) para uma série de iniciativas, incluindo doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual, além de projetos de apoio a empreendedores, inteligência artificial e combate à desinformação.

Em uma ação conjunta, a Câmara Americana de Comércio do Brasil (Amcham), a Embaixada dos Estados Unidose o Grupo +Unidosrealizaram um levantamento com cerca de 70 empresas norte-americanas sobre suas iniciativas para combater os impactos da COVID-19 no Brasil. O governo norte-americano já anunciou assistência para mitigar os impactos à saúde e socioeconômicos da COVID-19, totalizando aproximadamente US$ 12,5 milhões.  

Esses recursos incluem US$ 6 milhões em assistência humanitária para ações de emergência nas áreas de saúde, saneamento básico e higiene no Brasil.  Outros US$ 2 milhões apoiarão comunidades vulneráveis, com foco na AmazôniaUS$ 500 mil em apoio a migrantes e refugiados venezuelanos e as comunidades anfitriãs no Brasil

Os recursos US$ 3 milhões também serão usados para melhorar a detecção e o rastreamento de casos, na identificação de áreas de transmissão, no controle de surtos e fornecimento de dados.  US$ 950 mil em fundos de apoio econômico para incentivar investimentos do setor privado na mitigação dos impactos da COVID-19 nas populações rurais e urbanas vulneráveis no Brasil.  

O Comando Sul do Departamento de Defesa dos Estados Unidos doou US$ 45 mil para equipamentos de proteção individual (EPI) para profissionais da saúde e alimentos em Manaus e na região Amazônica. Os EUA doaram ainda R$ 75 mil para 40 projetos liderados por ex-bolsistas da Embaixada. 

"Combater a COVID-19 no Brasil é nossa principal prioridade neste momento.  Estamos trabalhando com as diversas agências e departamentos do governo americano e com as empresas americanas no Brasil para mobilizar milhões de dólares para ajudar brasileiros que estão precisando", disse o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman.

Amcham Brasil lançou a iniciativa SOMA, ‘plataforma do bem’ que reúne mais de 140 empresas, incluindo 27 americanas e  sete multinacionais brasileiras com operação nos EUA. O SOMA Amcham atua como um hub de conexão entre empresas, governos e sociedade. Os governos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia e Goiás participam da plataforma, assim como os Ministérios da Economia, Saúde e Ciência & Tecnologia.

"As parcerias público-privadas são uma resposta poderosa para o combate à pandemia. Elas permitem uma atuação rápida, e tornam mais eficazes os resultados das iniciativas , especialmente entre parceiros com bom histórico de relacionamento estratégico, como o Brasil e os Estados Unidos", explica Deborah Vieitas, CEO da Amcham Brasil, a maior Câmara Americana, entre 115 existentes no mundo.

Grupo + Unidos, organização de investimento social idealizada pela Embaixada Americana, em parceria com Bank of America e a Fundação Caterpillar, lançou esta semana o Fundo de Suporte UNA+. A  iniciativa tem como objetivo identificar comunidades do Brasil que estejam em situação de vulnerabilidade social evidenciada pela pandemia e propor soluções personalizadas em parceria com organizações sociais que já atuem nesses territórios, como a testagem das populações e a doação de cestas básicas. A meta do Fundo é mobilizar a iniciativa privada e captar até R$ 10 milhões para beneficiar cerca de 50 mil pessoas. 

As iniciativas do setor privado dos EUA somam aproximadamente  US$40,5  milhões (R$ 210 milhões)   

Além das doações em dinheiro anunciadas por 30 das 70 empresas norte-americanas pesquisadas, outras divulgaram ações sem especificar valor monetário, tais como mudança da linha de produção, doação de licenças, créditos, produtos, treinamento e expertise para apoiar brasileiros durante a pandemia. Quatrocentas das quinhentas maiores empresas dos Estados Unidos estão no Brasil. Para a lista completa de empresas e iniciativas acesse os sites da Embaixada dos EUA, da Amcham e do Grupo +Unidos.

Confira  detalhes sobre contribuições das empresas norte-americanas no Brasil no nosso Informativo (Fact Sheet). Para  informações sobre contribuições totais do governo e do setor privado dos EUA: Informativo (Fact Sheet).

Contatos para a imprensa:

Consulado dos EUA em São Paulo: Juliana Siqueira I (0**11) 9.9492.2272 siqueirajm@state.gov / Ana Cristina Pessini I (0**11) 9.9915.2292 I pessiniac@state.gov

Amcham: Dirceu Pinto | (0**11) 9.5322-9821imprensa@amchambrasil.com.br
Grupo +Unidos: Thor Oliveira | (0**11) 9.7099-0172 | thor.oliveira@bcw-global.com
Para mais informações sobre essa Nota à Imprensa entrar em contato com a Assessoria de Imprensa da Embaixada dos EUA em Brasília pelo e-mail BrasiliaEMBEUA@state.gov ou pelos telefones (0**61) 3312-7367 / 7364.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ