Auxílio emergencial: Acordo prevê máximo de 20 dias para análise

sábado, maio 30, 2020

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela de auxílio emergencial | ZUG


Um acordo judicial assinado estabeleceu o prazo máximo de 20 dias corridos para a análise de pedidos de auxílio emergencial em decorrência da pandemia do novo coronavírus. O acordo tem validade para todo o país e foi assinado em uma ação civil pública aberta na Justiça Federal de Minas Gerais pela Defensoria Pública da União - DPU, ante diversos relatos de demora na avaliação dos requerimentos.

Além da DPU, assinaram o acordo a AGU Advocacia-Geral da União, o Ministério da Cidadania, a Caixa Econômica Federal e a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência - DATAPREV, empresa pública que é a responsável por fazer o cruzamento de dados e prevenir fraudes nos cadastros. No caso de aprovação do pedido feito pelo cidadão, a Caixa deve fazer o pagamento em até três dias úteis, contados a partir do recebimento dos recursos transferidos pela União, prevê também o acordo.

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ