Hipertensão: Dia Nacional de Prevenção à doença atinge 60% dos idosos no Brasil

domingo, abril 26, 2020



A Sociedade Brasileira de Cardiologia faz um alerta no Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, lembrado neste domingo, 26 de abril, e ressalta os cuidados essenciais, principalmente agora, por conta da pandemia do novo coronavírus. A hipertensão é um dos principais fatores de risco para as doenças do coração. Segundo a entidade, 36 milhões de adultos brasileiros têm pressão alta. Entre os idosos, a hipertensão atinge 60%. A doença é responsável, direta ou indiretamente, por metade das mortes por doenças cardiovasculares, cerca de 200 mil óbitos todos os anos.

O cardiologista orienta que uma alimentação balanceada, com baixo consumo de sal, também é crucial. A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda até 5 gramas de sal por dia, ou uma colher de chá. "É o limite de consumo, sem esquecer que o sal está presente em boa parte dos alimentos processados, como massas e temperos industrializados, facilmente encontrados na mesa dos brasileiros, mas que deveriam ser evitados", alerta o cardiologista. Além do sal, os fatores de risco para hipertensão arterial são a idade, excesso de peso e obesidade, ingestão de álcool, sedentarismo, fatores socioeconômicos e genéticos.

"Durante a pandemia de coronavírus, os hipertensos merecem uma atenção especial. Eles devem tanto evitar o contágio pelo vírus, medida baseada principalmente no isolamento social, como manter os cuidados habituais para o controle da pressão arterial. E aqui me refiro ao uso regular de medicamentos, dieta equilibrada e prática de exercícios", fique atento.


Voce pode ler também

0 comentários

Ministério da Saúde - Governo Federal

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag