Aras contesta no STF autorização de Witzel para ‘mirar na cabecinha’

terça-feira, março 03, 2020

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno


O procurador-geral da República do Brasil Augusto Aras aderiu a um pedido do PSB Nacional 40 apresentado ao Supremo Tribunal Federal - STF para derrubar duas medidas adotadas por Wilson Witzel na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro. O procurador-geral defendeu a inconstitucionalidade do uso de helicópteros para atirar em bandidos armados (“mirar na cabecinha e fogo!" nas palavras do governador) e ...


Ver mais

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ