STF torna réu deputado que pagou empregada com verba da Câmara

terça-feira, fevereiro 11, 2020




Por unanimidade, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal - STF aceitou uma denúncia por peculato e tornou réu o deputado federal João Carlos Bacelar (PL/BA), por desvio de ao menos R$ 23,8 mil da Câmara dos Deputados. Entre 2007 e 2011, o dinheiro foi pago como salário a uma empregada doméstica, contratada como secretária parlamentar.


Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ