Plano de saúde coletivo não pode ser cancelado durante tratamento

segunda-feira, fevereiro 24, 2020



Operadoras devem notificar trabalhadores com antecedência de 60 dias


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que as operadoras de plano de saúde coletivo não podem romper o contrato de prestação dos serviços durante o tratamento médico. Pela decisão, a cobertura deve valer enquanto os beneficiários estiverem internados ou em tratamento e só pode terminar após a alta médica. O caso julgado pelo STJ envolveu...


Ver mais

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ