Auditoria encontra elo do DPVAT com pessoas próximas a ministros do STF

domingo, janeiro 12, 2020




Auditoria nas contas da Seguradora Líder - DPVAT, responsável pela gestão do seguro DPVAT, questionou uma série de procedimentos na gestão da empresa, incluindo pagamentos por prestação de serviços para pessoas próximas a políticos, a integrantes do governo federal ou ligadas a ministros do Supremo Tribunal Federal - STF, muitas vezes sem os devidos detalhamentos e controles.

A auditoria foi realizada pela consultoria KPMG, a pedido da atual gestão da seguradora. A análise dos documentos e processos abarca o período que vai de 2008 a 2017. O documento, com cerca de mil páginas, foi obtido pela reportagem da Folha de S.Paulo. Parte dele avalia o envolvimento da Líder com o que a KPMG chama de "pessoas politicamente expostas".

Voce pode ler também

0 comentários

Publicidade - Themoneytizer

Denakop Tag

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ