Eduardo Bolsonaro diz que Macron levou ‘tapa na cara’ do G7

terça-feira, agosto 27, 2019




Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro disse que o G7 deu um "tapa na cara" de Emmanuel Macron sobre as críticas em relação à Amazônia, registra o UOL. "Quando um presidente tem baixa popularidade, o que ele faz? Tenta atrair um tema para unir os seus nacionais. Não foi à toa que ele fez isso", disse o deputado, indicado por seu pai para ser o embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América.

Eduardo disse ainda que os críticos na Europa "não têm a mínima moral para exigir de nós a preservação da Amazônia ou agir dessa maneira como o presidente Emmanuel Macron tem feito". O parlamentar também afirmou que os membros do G7 "fizeram questão de dar um tapa na cara do Macron" ao não citar a Amazônia na declaração final do grupo. "Temos queimadas? Temos queimadas, óbvio. Ninguém está virando a cara para isso. Agora, querer fazer 'fake news' e exagerar isso para ter ganhos políticos, acho que o termo 'molecagem' ficou até barato".

Voce pode ler também

0 comentários