Bolsonaro é aconselhado a punir general ou brigadeiro para esvaziar caso da cocaína

domingo, junho 30, 2019


Militares graduados buscam apoio da área política do Planalto para convencer o presidente Jair Messias Bolsonaro a demitir autoridade de alto nível, como o comandante da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro do ar Antonio Carlos Bermudez, para ajudar o Brasil a enfrentar e reverter o constrangimento internacional provocado pelo sargento que usou um avião da FAB, envolvido em viagem presidencial, para traficar cocaína. 



Fonte: A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder

Voce pode ler também

0 comentários